Montar um projeto de Artes Performativas

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

2 de julho
Polo Cultural Gaivotas | Boavista
Acesso gratuito (limite de 15 participantes por sessão), com inscrição prévia
Inscrições fechadas

Organizada em duas sessões independentes, ainda que complementares, esta formação pretende munir os participantes de ferramentas e recursos para estruturar um projecto de artes performativas.
Ambas sessões são teórico-práticas e terão como base os desafios com que se confrontam os participantes desta formação.

A formação é particularmente dirigida a profissionais que estejam vinculados a alguma entidade legal (associação, empresa sem ânimo de lucro, etc).
Os interessados podem inscrever-se só numa sessão ou em ambas.

Das 10h-13h

Parcerias em Comunicação e Logística, de âmbito local e nacional.
Cruciais para a implementação de um projecto cultural, será dada particular atenção às parcerias em espécie.

Das 15h-18h

Sessão teórico-prática sobre financiamento para projectos de artes performativas, particularmente dirigido a entidades com identidade jurídica.

Sendo o financiamento, quer seja por projecto ou estrutural, um dos desafios mais evidentes do sector cultural, pretende-se nesta formação:
> mapear os principais mecanismos de financiamento nacionais e internacionais;
> evidenciar boas prácticas na elaboração de candidaturas e propostas de financiamento;

 

Sara Machado é gestora cultural e com um interesse particular por Relações Internacionais e Diplomacia Cultural. Licenciada em Ciência da Informação e com Mestrado em Gestão Cultural, tem vindo a construir um sólido percurso profissional por diferentes organizações e países: Festival Escena Contemporanea e Ministério do Cultura [ES]; European Cultural Foundation [NL], EIRA [PT], Pearle* Live Performance Europe [BE]. Atualmente, assume a direção do CUMPLICIDADES – Festival Internacional de Dança Contemporânea de Lisboa e a coordenação do projecto Performing Arts Portugal. . Frequenta o mestrado em Ciência Política e Relações Internacionais na FSCH/NOVA.