Montar um projeto de Artes Performativas

14 de julho
Polo Cultural Gaivotas | Boavista
Acesso gratuito (limite de 15 participantes por sessão), com inscrição prévia
Inscrições abrem a 4 de julho

Organizada em duas sessões independentes, ainda que complementares, esta formação pretende munir as pessoas participantes de ferramentas e recursos para estruturar um projecto de artes performativas. Ambas as sessões são teórico-práticas e terão como base os desafios com que se confrontam as pessoas participantes desta formação.

A formação é particularmente dirigida a profissionais que estejam vinculados a alguma entidade legal (associação, entidades sem finas lucrativos, etc).

Possibilidade de inscrição numa só sessão ou em ambas.

Sessão 1 – 10h-13h

Parcerias em Comunicação e Logística, de âmbito local e nacional.
Cruciais para a implementação de um projecto cultural, será dada particular atenção às parcerias em espécie.

Sessão 2 – 15h-18h

Sessão teórico-prática sobre financiamento para projectos de artes performativas, particularmente dirigido a entidades com identidade jurídica.

Sendo o financiamento, quer seja por projecto ou estrutural, um dos desafios mais evidentes do sector cultural, pretende-se nesta formação:

> mapear os principais mecanismos de financiamento nacionais e internacionais
> evidenciar boas prácticas na elaboração de candidaturas e propostas de financiamento

 

Sara Machado é gestora cultural e com um interesse particular por Relações Internacionais e Diplomacia Cultural. Licenciada em Ciência da Informação e com Mestrado em Gestão Cultural, tem vindo a construir um sólido percurso profissional por diferentes organizações e países: Festival Escena Contemporanea e Ministério do Cultura [ES]; European Cultural Foundation [NL], EIRA [PT], Pearle* Live Performance Europe [BE]. Atualmente, assume a direção do CUMPLICIDADES – Festival Internacional de Dança Contemporânea de Lisboa e a coordenação do projecto Performing Arts Portugal. . Frequenta o mestrado em Ciência Política e Relações Internacionais na FSCH/NOVA.