Portas Abertas: Elastic Bodies de Jupiter Brown

18 de julho, 19h
Espaço Alkantara
Entrada Livre

Em julho recebemos Jupiter Brown no Espaço Alkantara para uma etapa de criação de Elastic Bodies (título provisório). Este projeto nasce do seu entendimento negro e queer do conceito de embodiment. Jupiter entende que o seu movimento no mundo é indissociavelmente ligado e condicionado por fios que não controla: o corpo, relações com outras pessoas, forças espirituais, localização física e educação. Parte também do seu interesse em explorar as relações físicas e espaciais entre pessoas de uma comunidade ou que partilham experiências, e na relação com o próprio corpo, tendo sempre presente a exploração dos conceitos de conexão, fronteira, distância e relação com o eu e o outro.

Elastic Bodies utiliza a lã na sua materialidade para evidenciar espaço, tensão, volume e restrição. O resultado é uma performance híbrida entre a dança e escultura onde performers animam esculturas de lã para explorar conexões, fronteiras, espaço e formas de coexistência.

Notas Biográficas

Jupiter Brown é uma pessoa negra e queer que cria performances interdisciplinares. Vive e trabalha em Tio’tia:ke/Montreal. Interessa-se pelo corpo enquanto texto e voz e utiliza poesia, movimento, images e som para criar uma linguagem com multiplas texturas. Trabalha o corpo – quebrado, desarticulado, em constante desmoronamento — a partir de uma estética de desmembramento. No cruzamento da instalação, da performance e das artes visuais, a prática artística de Jupiter Brown investiga a interseccionalidade da identidade negra, queer e de gênero.