Ir para o conteúdo

Conteúdo principal

Pira

Núcleo MeioFio

ALKANARA - Pira - ©
  • 11.11 — 12.11 2022
  • Festas
  • Garagem Culturgest
  • Entrada livre
  • 23H - 4H

Artistas, foliões, clubbers e brincantes do pós-apocalipse convidam-nos para uma celebração dos ciclos, um ritual de queima, pela consagração da pista de dança.

Aqui, no mundo do fluido, projectamos delírios — tudo que tenta se cristalizar durante os dias.(...) Essa é nossa memória do futuro.
Vivanjx, 2022


“Uma chama se manifesta. O fogo que arde o futuro encontra o gozo na pulsão de morte. Celebramos os ciclos nos seus entremeios com este ritual de queima pela consagração da pista. Esta noite ébria de suor volta para abrir o Festival Alkantara com festa!


Pira é fruto da pesquisa de residência e vida em torno da performatividade cotidiana de uma expressão que não pára de criar meios: a festa. Cigarra encabeça esse mergulho com parceria de Jajá Rolim, Renato Kurup e convidades para partilhar os valores profundos que nossas corpas carregam no seu conhecimento ancestral e em contínuo desenvolvimento. A folia dá jeito de ser, é resposta para a opressão normativa, é manifesto na resistência e seus mistérios, é magia ressignificada.”


Núcleo MeioFio


Pira conta com uma Roda de Sample que convida Vinicius BigJohn, Odete, RezmOrah, Kaloan, e ocupações de cortejo-festa com direção de Era Jaja Rolim, que convida Nicole Gomes, Izabel Nejur, Zaya Xiana.

Roda de Sample

Com mais de 7 anos de atividade e 7 países percorridos, o projeto envolve música e visualidades reunindo vários produtores e colecionadores de sons para misturar e tocar. Colagens sonoras, instantâneas, misturadas & fervidas em caldeirão eletrônico sobrepostas em camadas, feitas ao vivo e em cores por beatmakers, tocadores de tambor eletromagnético, misturadores de som de diversos backgrounds e vertentes, evocando a fumaça do eterno loop.

Condições de acesso

Este evento utiliza luzes estroboscópicas e vertiginosas e máquinas de fumo.


O espaço está equipado com rampas de acessibilidade

Alexandre Simões

Original de Lisboa, Alexandre Simões trabalha com figurino, cenografia, filme e putaria. Licenciado em Fine Arts (not great, not bad, just fine) pela Goldsmiths, University of London. Profissional em ser amador. Especializado em fantasias de cartão e personagens feitas de lantejoulas. @alexbasim

Cigarra

DJ, performer, produtora musical e agitadora cultural há mais de 10 anos, participou da efervescência da cena underground de São Paulo e faz parte da formação original da Voodoohop. Atua em Portugal e por toda a Europa com projetos como Trypas Corassão, Hystereofônica, Carniçeira entre outros. O seu discurso e engajamento, com foco na expressão feminina, fazem de Cigarra uma referência na atual cena eletrônica underground latino-americana.

Era Jaja Rolim

Travesti não binária, traduz sua prática de dança antropofágica através do cinema, teatro e instalações coreográficas. Ela concebe a performance como uma forma de escultura animada que permite que ele se torne um objeto e um sujeito simultaneamente. Infuso com a criação simbólica e reenquadramento encontrados na imaginação coletiva, compõe em torno das idéias do corpo - tanto individuais quanto coletivas - como um meio que cruza fronteiras. @erajajarolim

Izabel Nejur

Performer brasileira, em Portugal desde 2018, usa a sua fluidez como a principal ferramenta na sua multidisciplinaridade. A inquietação é motor para criar, a intuição a sabedoria para inovar. Tem feito trabalhos dentro do cinema, da dança, da performance, da escrita e ainda videoarte DIY. Tem uma licenciatura em jornalismo e pós graduação em cinema e dança. @izabelnejur___

Kaloan

Kaloan é artista multidisciplinar brasileire, imigrante, vive em Berlim há três anos. Trabalha na interseção entre música experimental e performance, pesquisando a relação entre som e movimento a partir de sensores de movimento colocados em seu corpo. Tem como inspiração/pesquisa, as práticas de transe de diferentes rituais da cultura brasileira e suas potencialidades descolonizadoras. Suas performances são marcadas pelas cores vibrantes, e indumentárias exóticas, e uma coleção de samples únicos que misturam ritmos eletrônicos brasileiros, synths e...

Nicole Gomes

Performer, bailarina, atriz e professora brasileira, atua no campo das artes performativas realizando projetos voltados sobretudo para a relação e fricção entre corpo, matéria e espaço. Formada em licenciatura em dança e teatro. Atualmente reside em Lisboa onde participou do PACAP 5 com curadoria de João Fiadeiro, e é performer criadora no Palácio do Grilo. @nicolegomes.al

Odete

Artista multidisciplinar, Odete desenvolve uma obra que opera no domínio da música, artes visuais, performance e teatro. Concluiu o curso de Artes do Espetáculo na Academia Contemporânea do Espetáculo - Escola de Artes no Porto, em 2013, onde frequentou o curso de artes performativas na área da representação. Tem também um bacharelato em Estudos Gerais pela Universidade de Lisboa. Tem apresentado as suas criações nos principais festivais, teatros e espaços culturais de Portugal como também pela Europa e Ásia. Recentemente ganhou o prémio ReXform para as...

Renato Kurup

Nascido em Brasília e vive em Lisboa. Graduado em Artes Visuais pela UnB, o artista explora multi-linguagens dentro da dualidade entre som e imagem. É DJ, Compositor, Designer, Cenógrafo e Produtor Cultural. Enquanto músico já lançou 6 EPs, diversos singles, remixes e esteve em turnê por mais de 20 países. Enquanto produtor, já realizou mais de 30 eventos entre Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro e Berlim. Na visualidade atua como ilustrador e desenhista de luz. De alma viajante e corpo migrante, numa trajetória marcada pela resiliência e transformação,...

RezmOrah

RezmOrah é ume transviade espiritualizada, indetectável imigrante legal. Ume umbrella de artes, erguida na música e na poesia através da performance art e do teatro. Criade entre Brazil, Portugal, NYC e a Munda, transborda as médias através do corpo, da palavra e voz, música e vídeo. É integrante do coletivo queer baseado na Dinamarca CuntsCollective e o grupo Chinês de Teatro Físico The Physical Guerrillas. É canal de transcestrais astrais, a grande força do súbtil lhe atrai. @resmorah

Vinicius BigJohn

Vinicius BigJohn é músico desde 2008. Começou a tocar acordeon em bandas de forró e, em seguida, especializou-se como tecladista, compositor e pesquisador de tecnologia musical. De todos esses anos de carreira, cinco destes foram dedicados à Couttoorchestra, banda sergipana que se destacou no cenário nacional e internacional, apresentando-se em festivais relevantes como Circulart (COL), Rec-Beat (REC), Festival SIM(SP), Contrapedal (URU), entre outros, além de ser gratificada com os prêmios Momo Instrumental (2014) e Natura Musical(2016). Vinicius tocou com...

Zaya Xiana

Nascida entre símbolos e coordenadas binárias para recrutar novos enunciades. Das condicionantes se renasce a fénix. Alentejana na veia, ferida em Leão. Artista self-made em ascensão, performer desde o início de 2022, expandindo a sua arte e sua identidade buscando renascimento colectivo. @roadtozaya

Voltar ao inicio
This website is using cookies to provide a good browsing experience

These include essential cookies that are necessary for the operation of the site, as well as others that are used only for anonymous statistical purposes, for comfort settings or to display personalized content. You can decide for yourself which categories you want to allow. Please note that based on your settings, not all functions of the website may be available.

This website is using cookies to provide a good browsing experience

These include essential cookies that are necessary for the operation of the site, as well as others that are used only for anonymous statistical purposes, for comfort settings or to display personalized content. You can decide for yourself which categories you want to allow. Please note that based on your settings, not all functions of the website may be available.

Your cookie preferences have been saved.