Ir para o conteúdo

Conteúdo principal

Reflorestamentos afetivos & Casa Floresta

Terra Batida - Escola Refloresta Livre

ALKANARA - Reflorestamentos afetivos & Casa Floresta - ©
  • 18.11 2022
  • Terra Batida
  • Teatro São Luiz

As inscrições para os workshops da Escola Refloresta Livre terminaram.

Os bilhetes para as conferências estarão disponíveis online em teatrosaoluiz.byblueticket.pt (50% da lotação) na véspera e na bilheteira do Teatro (restante 50% da lotação) no próprio dia, a partir das 15h, até 2 por pessoa.

A Escola Refloresta Livre começa com um workshop online com Geni Núñez, ativista indígena e psicóloga baseada no Brasil, que tem inspirado reflexões instigantes sobre as relações entre florestas, não-monogamia e colonialidade.


Segue-se uma conferência, no Teatro São Luiz, dedicada às florestas em Portugal, da monocultura de eucalipto às possibilidades de mapeamento afetivo do território. Esta conferência conta com o coletivo À escuta —uma iniciativa artística desenvolvida no Parque Natural da Serra da Estrela e sua envolvente por Joana Sá, Luís J Martins, Corinna Lawrenz e Nik Völker — e com Paulo Pimenta e Castro, co- autor de “Portugal em Chamas - como resgatar as florestas” de 2018.

WORKSHOP - 'Reflorestamentos afetivos: pistas para descolonização' por Geni Núñez

ALKANARA - Reflorestamentos afetivos & Casa Floresta - ©

ONLINE

15H-17H

As inscrições para os workshops da Escola Refloresta Livre terminaram.


A colonização não invadiu apenas o território-terra, mas também nosso território do imaginário, buscando impor uma única forma de ser e estar no mundo. Reflorestar nossos vínculos é parte do processo de descolonização e nesse encontro, discutiremos formas de sentir-pensar esses processos coletivamente.


Geni Núñez

CONFERÊNCIA - 'à Escuta: CasaFloresta' , com coletivo à escuta e 'O colapso do modelo económico associado ao eucalipto', com Paulo Pimenta Castro, moderação de Rita Natálio

ALKANARA - Reflorestamentos afetivos & Casa Floresta - ©

SLTM - SALA MARIO VIEGAS

18H-19H30

ENTRADA GRATUÍTA

Os bilhetes para as conferências estarão disponíveis online em teatrosaoluiz.byblueticket.pt (50% da lotação) na véspera e na bilheteira do Teatro (restante 50% da lotação) no próprio dia, a partir das 15h, até 2 por pessoa.

à escuta: CasaFloresta


Fazer um projeto em torno da temática da floresta na Serra da Estrela e sua envolvente, tornou-se, pelo grande incêndio que destruiu perto de 30% do Parque Natural, um desafio mais complexo e exigente. Mas, como sempre, depois do verão e da extrema mediatização do flagelo, faz-se silêncio. É agora, que entramos nas estações frias do ano, que temos de trazer o tema das florestas e do Parque Natural da Serra da Estrela para o centro da discussão e da ação.

— à escuta: CasaFloresta


“à escuta: CasaFloresta” é um projeto de pesquisa, reflexão e criação artística em torno da floresta e a partir da Casa da Guarda Florestal dos Covões (Vide, Seia), desativada desde a década de 70. “à escuta: CasaFloresta” propõe uma reflexão em torno das (des)funcionalidades dessa casa e da sua relação com a (des)floresta que a rodeia.



O colapso do modelo económico associado ao eucalipto
Com Paulo Pimenta de Castro


As plantações de eucalipto tomaram conta de cerca de 10% do território português. Assente numa estratégia extrativista, o modelo económico associado a estas ocupações entrou em colapso. Importa analisar as consequências económicas, mas sobretudo as sociais e ambientais decorrentes.

FAQs

O que é a Escola Refloresta Livre?


A Escola Refloresta Livre é um programa de 3 dias organizado pela plataforma Terra Batida.


O programa é composto por 3 workshops acessíveis mediante inscrição prévia e 3 conferências de acesso público. As atividades do programa acontecem ao longo das tarde dos dias 18,19 e 20 de novembro.


Em que consiste a escola?


A escola dedica-se à pesquisa e à partilha de saberes sobre florestas e seus conflitos, em Portugal e no Brasil, a partir de uma perspectiva transdisciplinar. Serão feitas partilhas de ferramentas, ativação de práticas artísticas, apresentações de projetos em curso e debates.


Como posso participar nos workshops?


A participação nos workshops é feita mediante inscrição obrigatória via formulário google. Podes aceder ao formulário AQUI


Pedimos que as pessoas inscritas possam participar nos três workshosps em pelo menos uma conferência. É por isso dada prioridade de acesso a quem possa participar no maior número de atividades.


Os workshops têm uma capacidade máxima de 50 pessoas. E as pessoas inscritas têm lugar garantido nas conferências.


Posso assistir apenas às conferências ?


Sim, para assistires às conferências basta reservar o teu bilhete na bilheteira online, no dia anterior à conferência, ou levantar na bilheteira do São Luiz Teatro Municipal no próprio dia do evento e até meia hora antes do início.


A lotação é limitada à capacidade da sala.


Qual o custo da Escola Refloresta Livre ?


Todas as atividades da Escola são gratuitas.


Para participar tenho que ter alguma formação prévia?

Não. É uma proposta para todas as pessoas.

Geni Núñez

Geni Núñez é ativista indígena, psicóloga, doutoranda no Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Ciências Humanas (UFSC), na linha "Gênero e suas inter-relações com geração, etnia e classe". Mestre no Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social (UFSC), na linha "Processos de subjetivação, gênero e diversidades" Com enfoque teórico anticolonial, pesquisa branquitude, etnocídio e outras colonialidades. Autora do ebook Djatchy Djatere - O Saci Guarani. Organizadora do livro Não Monogamia LGBT (APEKU, 2020). Autora da contracapa do livro...

Paulo Pimenta de Castro

Licenciado em Silvicultura pelo Instituto Superior de Agronomia da Universidade de Lisboa. Foi docente no Ensino Profissional na área florestal, técnico superior na Confederação dos Agricultores de Portugal, secretário-geral da Federação dos Produtores Florestais de Portugal e da Associação Nacional das Empresas Florestais, Agrícolas e do Ambiente. Integrou o Conselho Consultivo Florestal do Ministério da Agricultura e foi perito no Conselho Consultivo das Florestas e da Cortiça junto da Comissão Europeia. Escreveu Portugal em Chamas - como resgatar as...

À escuta - Colectivo

Iniciativa desenvolvida no Parque Natural da Serra da Estrela e sua envolvente por Joana Sá, Luís J Martins, Corinna Lawrenz e Nik Voelker. Encarando a criação artística como elemento agregador que promove a reflexão interdisciplinar, a experimentação e novas relações ecológicas, a iniciativa ‘à escuta’ tem como urgência agir a partir de/ com este território e as suas comunidades, procurando formas de lidar com os problemas a nível local para criar perspetivas a nível global e vice-versa. Realizou o projeto e evento à escuta: catálogo poético...

Artigos relacionados:

Voltar ao inicio
This website is using cookies to provide a good browsing experience

These include essential cookies that are necessary for the operation of the site, as well as others that are used only for anonymous statistical purposes, for comfort settings or to display personalized content. You can decide for yourself which categories you want to allow. Please note that based on your settings, not all functions of the website may be available.

This website is using cookies to provide a good browsing experience

These include essential cookies that are necessary for the operation of the site, as well as others that are used only for anonymous statistical purposes, for comfort settings or to display personalized content. You can decide for yourself which categories you want to allow. Please note that based on your settings, not all functions of the website may be available.

Your cookie preferences have been saved.