Ir para o conteúdo

Conteúdo principal

ALKANARA - Puta da Silva - ©Áquilla Correia
@ Áquilla Correia

Puta da Silva

EPI TRAVESTY

  • 10.06 — 15.06 2020
  • Artistas em residência
  • Espaço Alkantara

O projeto EPI TRAVESTY (Equipamentos de Proteçāo Individual Travesti) é um álbum visual desenvolvido pela cantora afrotravesti goiana Áquilla Correia (aka Puta da Silva) e produzido pelo baiano Alexson Silva.

A pesquisa de imagens para a construção dramatúrgica do vídeo foi colecionada a partir de diálogos e vivências de várias travestis artistas em diáspora que, por falta de oportunidades em se inserirem no universo artístico, vivem a prostituição como meio de sobrevivência. O clip retratará o cotidiano travesti, perpassando os problemas sociais e políticos para construirmos a partir das nossas utopias de sobrevivência dramaturgias e imagens de ascensão e vida travesti, transformando o tabu social em totem intelectual e cultural.

Notas biográficas

Áquilla Correia, multi-artista Afro/Travesti Brasileira, é residente há três anos em Lisboa. Cursou a licenciatura em teatro na Universidade Federal de Uberlândia, MG, Brasil e se mestrou em Teatro e Comunidade pela Escola Superior de Teatro e Cinema. Áquilla desenvolve, desde o seu percurso no Brasil, trabalhos que dialogam com identidade de género e que tornam acessível o ingresso profissional das corpas travestis dentro das diversas linguagens artísticas como protagonistas de suas próprias dramaturgias. Na corrida pela emancipação de corpas travestis, dirigiu diversos espetáculos teatrais no Brasil. O mais recente deles é o espetáculo *Benedites*, produção com mais de cinquenta corpas transvestigéneres e não binárias em cena. *Benedites* circulou pelo Brasil durante dois anos de existência. Em Lisboa, Áquilla Correia trabalhou com dobragem pela produtora Audio In, participando com sua voz em diversos filmes e telenovela. Sua produção mais recente foi a dobragem da telenovela espanhola *Love Divina*, interpretando a personagem Axel. Áquilla participou, no ano 2019, em dois video clips: “MadameX”, clip dos cantores Madonna e Maluma, e no clip “Baza”, da cantora Blaya.

Áquilla Correia

Áquilla Correia, multi-artista Afro/Travesti Brasileira, é residente há três anos em Lisboa. Cursou a licenciatura em teatro na Universidade Federal de Uberlândia, MG, Brasil e se mestrou em Teatro e Comunidade pela Escola Superior de Teatro e Cinema. Áquilla desenvolve, desde o seu percurso no Brasil, trabalhos que dialogam com identidade de género e que tornam acessível o ingresso profissional das corpas travestis dentro das diversas linguagens artísticas como protagonistas de suas próprias dramaturgias. Na corrida pela emancipação de corpas travestis,...

Voltar ao inicio
This website is using cookies to provide a good browsing experience

These include essential cookies that are necessary for the operation of the site, as well as others that are used only for anonymous statistical purposes, for comfort settings or to display personalized content. You can decide for yourself which categories you want to allow. Please note that based on your settings, not all functions of the website may be available.

This website is using cookies to provide a good browsing experience

These include essential cookies that are necessary for the operation of the site, as well as others that are used only for anonymous statistical purposes, for comfort settings or to display personalized content. You can decide for yourself which categories you want to allow. Please note that based on your settings, not all functions of the website may be available.

Your cookie preferences have been saved.